jusbrasil.com.br
7 de Abril de 2020
    Adicione tópicos

    - Caravana de SC reúne-se a 20 mil em Brasília

    Eram 11 horas quando o ônibus com os 32 caravaneiros de SC estacionou nas proximidades da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para a Marcha Nacional que reuniu servidores públicos federais, trabalhadores de outras categorias e militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) na manhã de quarta-feira, dia 24. Entre o local do estacionamento e o ponto de concentração do Ato, foi necessária uma caminhada de cerca de meia hora sob o sol forte. No dia 15 de agosto, a umidade do ar chegou a 12% no Distrito Federal, mas a seca intensa não pegou desprevenido quem saiu de Florianópolis sob mau tempo e forte umidade e, no Planalto Central, viu a vegetação de cerrado seca e focos de queimadas.

    Assim que chegaram ao Congresso Nacional, servidores de SC ajeitaram chapéus e bonés, renovaram o filtro solar e estenderam sobre o gramado a Bandeira Nacional usada nos atos em Florianópolis. A bandeira se destacava em meio a centenas de outras, menores, nas mãos das cerca de 20 mil pessoas que participaram do Ato.

    Servidores da base de Fenajufe de todo o país, conforme se encontravam, trocavam saudações e se juntavam no amplo gramado, com camisetas e faixas onde se destacavam as frases de luta em defesa da revisão salarial. Servidores de outras entidades também gritavam palavras de ordem em defesa de suas pautas específicas de reivindicação, como os trabalhadores na educação (universidades federais), que estão em Greve.

    Há pontos em comum entre as várias categorias, como a exigência de retirada, do Congresso, de projetos que congelam salários, instituem previdência privada e demissão por insuficiência de desempenho, além da luta pela paridade entre ativos, aposentados e pensionistas e a definição de uma política salarial permanente com reposição inflacionária, valorização do salário base e incorporação das gratificações.

    O MST, o Movimento dos Atingidos por Barragem e o Movimento dos Pequenos Agricultores participaram do Ato e ao longo da semana permaneceram em Brasília. Nesta quinta-feira, em longa fila, lá estavam novamente os integrantes dos Movimentos no Eixo 90, carregando faixas e bandeiras.

    Ainda na quarta-feira, no caminhão de som estacionado na frente do Congresso, lideranças das várias entidades denunciavam a estratégia das Mesas de Enrolação do governo, em que reuniões, uma atrás da outra, se arrastam há meses sem decisão. Também foram mencionadas as entrevistas de integrantes do governo que citam a crise mundial como justificativa para não reajustar salários e, em nome das metas econômicas, tirar direitos dos servidores.

    Mobilização

    Conforme os servidores da base de Fenajufe se encontravam, concentravam-se as palavras de ordem em defesa do PCS. Os servidores do Sintrajusc foram em direção ao grupo com a bandeira e, juntos aos colegas da categoria, ouviram as falas ao longo do Ato. O aposentado Vicente Machado Pereira, 72 anos, que se aposentou em 2004 do serviço público, incansável, contou que já perdeu a conta das vezes em que participou de Caravanas a Brasília, entre elas a que lutou pelo PCS 1 e a Marcha dos 100 Mil em 1999, na Era FHC. Esse é um gramado que eu já conheço de cor!, brincou ele.

    Depois do Ato, os servidores se dividiram para fazer as atividades de luta. O Coordenador do SINTRAJUSC, Paulo Koinski, esteve no CSJT para falar com o Secretário-Geral Ricardo de Lucena sobre a assistência à saúde no TRT12. Dois grupos foram falar com parlamentares na Câmara dos Deputados, solicitando manifestação favorável ao PCS, especialmente da bancada catarinense.

    Nesta quinta-feira, os dois delegados eleitos pelo Sindicato de SC se credenciaram para a Reunião Ampliada da Fenajufe, que conta com a presença de outros caravaneiros. Antes, às 9h30, Paulo Koinski e Severino Duarte foram até o Gabinete da Deputada Carmen Zanotto, (PPS-SC), que está na Comissão de Finanças e Tributação, onde tramita o PCS.

    Neste momento, 16h, na Reunião Ampliada, os delegados se manifestam em relação às moções apresentadas à Mesa. Os caravaneiros voltam a Florianópolis assim que a Reunião for encerrada.

    Miriam Santini de Abreu - Sintrajusc

    Cobertura especial Marcha em Brasília

    Veja abaixo a galeria de fotos (jornalista Miriam Santini de Abreu), na cobertura especial do SINTRAJUSC ao Ato em Brasília.

    Fonte: SINTRAJUSC

    Jornalistas Miriam Santini de Abreu (textos, fotos, vídeos)

    e Gilberto Motta (edição webjornalismo e site)

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)