jusbrasil.com.br
7 de Abril de 2020
    Adicione tópicos

    - Presidente do TST garante se empenhar em defesa da aprovação do PCS

    Em sua primeira reunião com a Fenajufe, desde que assumiu a presidência do TST [Tribunal Superior do Trabalho], o ministro João Orestes Dalazen afirmou apoiar a reivindicação dos servidores do Judiciário Federal pela aprovação do Plano de Cargos e Salários [PL 6613/09]. O compromisso foi firmado com os coordenadores Ramiro López e Cledo Vieira, em reunião no final da manhã desta quarta-feira [24], no próprio TST.

    No encontro, os dirigentes sindicais ressaltaram a importância da iniciativa do TST e dos demais tribunais superiores, que enviaram o orçamento com os valores do PCS ainda com tempo de serem incluídos na proposta de Lei Orçamentária Anual de 2012. Na avaliação dos coordenadores da Fenajufe, isso cria condições reais para que o projeto seja, de fato, aprovado no Congresso Nacional.

    Ainda em relação ao PCS, os representantes da Federação reivindicaram que o presidente do TST use sua influência para ajudar na defesa do projeto no Legislativo. Também pedimos que ele atue junto aos presidentes dos demais tribunais superiores, para criar uma onda a favor da aprovação do nosso reajuste salarial, informa Ramiro López.

    Além de reafirmar o seu apoio ao pleito dos servidores, Dalazen também disse que deve se reunir nos próximos dias com o presidente do STF, ministro Cezar Peluso, e, na ocasião, colocará as preocupações apresentadas hoje pela Fenajufe. Ele se comprometeu, ainda, a ajudar no que for possível como representante do TST.

    Corte de pontos no TRT-PA

    Na reunião de hoje com o presidente do TST, os coordenadores da Fenajufe informaram os problemas enfrentados pelo Sindjuf-PA/AP e pelos servidores do TRT que fizeram a última greve em defesa do PCS. A administração do órgão determinou o corte de pontos dos grevistas, sem antes debater o assunto com o sindicato e com o Comando de Greve.

    Os dirigentes da Federação pediram que o ministro ajude na abertura de um canal de diálogo entre o sindicato e a direção do TRT.

    Da Fenajufe Leonor Costa

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)